Sem categoria

Coisas e cenas que gostava de fazer!

10 Fevereiro, 2019

Hello!

Ontem enquanto estava a fazer uma retrospetiva sobre o primeiro ano da Pipinha, e percebia o quão feliz era por tê-la na minha vida, percebia o quanto tinha um montão de coisas que tinha deixado de fazer e que isso tinha ficado tudo para segundo plano. Claro que as gostava de fazer, ou pelo menos tentar fazê-las com mais e melhor tempo. Se sou menos feliz por isso? Não necessariamente. Então vejamos aqui o meu resumo:). Não se assustem.

  1. Gostava muito de poder cozinhar uma refeição sem estar sempre com a Filipa ao colo;
  2. Gostava que ela não chorasse enquanto estou a conduzir;
  3. Gostava que ela não gostasse tanto de adormecer no meu colo;
  4. Gostava de conseguir estar em dois locais ao mesmo tempo;
  5. Gostava de ter durante mais tempo a casa arrumada depois da senhora da limpeza se ir embora;
  6. Gostava de ter tempo para fazer sempre as bolachinhas que os meus filhos levam para o lanche da escola;
  7. Gostava de estar sempre disponível quando os meus filhos me pedem para os ajudar em algo;
  8. Gostava muito de não ter que lhes dizer para esperarem porque não consigo estar em todo o lado;
  9. Gostava de acordar de manhã e ter tempo para pensar o que vou fazer;
  10. Gostava de chegar a casa e sentir, pelo menos uma a duas vezes por semana, que não preciso de fazer nada pois está tudo feito;
  11. Gostava muito de não precisar de dormir, esse tempo precioso que passamos deitados sem qualquer utilidade;
  12. Gostava muito de ter tempo para ver um filme na TV ou poder dar-me ao luxo de seguir uma série;
  13. Gostava por vezes de poder levantar-me da cama e aterrar diretamente no sofá;
  14. Gostava de poder dedicar-me em exclusivo a uma tarefa durante um certo período de tempo mas, como são tantas a tarefas pendentes quando dou por mim já estou a fazer duas a três coisas em simultâneo;
  15. Gostava de sentir que consigo dar resposta, em tempo útil, a tudo aquilo que me pedem e que tenho para fazer;
  16. Gostava de sentir que estou a tomar sempre as melhores decisões na minha vida;
  17. Gostava de sentir que os meus filhos se vão orgulhar de mim mesmo que por vezes ter milhões de coisas pendentes e não lhes conseguir dar a atenção que merecem;
  18. Gostava de perceber que ter um emprego a tempo inteiro, duas empresas, um blog e três filhos me vai fazer feliz para sempre;
  19. Gostava de poder sentar-me numa esplanada num dia de verão e não ter necessidade de tirar o meu caderno da mala para escrever e apontar as tarefas pendentes que ainda tenho;
  20. Gostava de estar tranquila e sem quaisquer pressão feita pelo tempo sempre que estou rodeada de amigos a desfrutarmos da companhia de todos;
  21. Gostava de poder passear de mão dada com quem gosto de ter por perto, sem estar constantemente a olhar para o relógio;
  22. Gostava que as compras de supermercado que tenho em falta me viessem parar cá a casa e se auto arrumassem na despensa;
  23. Gostava de saber sempre qual a tarefa mais prioritária que tenho em falta sem me sentir arrependida horas depois;
  24. Gostava de poder fazer mais do que aquilo que consigo;
  25. Gostava de saber porque não consigo fazer tudo aquilo que está programado para o meu dia;
  26. Gostava de experimentar estar um dia sem fazer literalmente «nada» e no final do dia sentir que isso é mesmo muito aborrecido;
  27. Gostava de poder ser eu a ir levar e buscar os meus filhos ao colégio (sempre, sem exceção :))
  28. Gostava de cumprir sempre com os horários que tenho agendados e não falhar com ninguém;
  29. Gostava de sentir que as pessoas que me rodeiam sabem das boas intenções em tudo o que faço;
  30. Gostava de ter tempo para viajar e conhecer todos os cantinhos deste Portugal e arredores;
  31. Gostava de saber cozinhar feijoada como as minhas amigas de Rans (que saudades da feijoada delas);
  32. Gostava de ter tempo para fazer coisas simples como seja apanhar as folhas que caem das árvores aqui em casa, até à mais básica tarefa de aspirar o interior da minha carrinha;
  33. Gostava de ter tempo para passar a ferro os lençóis das camas aqui de casa num dia frio de inverno e poder, em simultâneo, aquecer as minha mãos;
  34. Gostava de saber se de outra forma que eu escolhesse para viver, se era igualmente feliz como sou nos dias de hoje;
  35. Gostava de ter tempo para escrever mais artigos no blog;
  36. Gostava que mais pessoas separassem o lixo em casa e custa-me perceber porque não o fazem com mais regularidade;
  37. Gostava que todas as pessoas desempenhassem as suas tarefas com brio e vontade de fazerem mais e melhor;
  38. Gostava de estar sempre rodeada de pessoas com boas intenções e que eu percebesse quando isso não é verdade, poupava-me assim muito trabalho;
  39. Gostava que as pessoas tivessem sempre presente que as boas relações a todos ajudam e que, quando assim não é dá muito mais trabalho ser feliz;
  40. Gostava que quem lesse este artigo dissesse o que gostariam de fazer e que não conseguem (e ter atenção que não conta pedirem muito dinheiro para que isso se resolva :)).

Mais cenas e coisas poderia escrever aqui mas estou com a pressão do tempo para terminar este artigo rápido. Hoje é dia 10 e existem responsabilidades que não podem ser descuradas.

Keep in touch,

E.R.

Artigos relacionados

4 Comentários

  • Comentar Margarida Vales 10 Fevereiro, 2019 at 13:40

    Concordo quando diz que gostava de ir levar e buscar os seus filhos à escola, eu faço isso quase todos os dias, quando dou horas não, mas saber que as minhas filhas adoram que eu o faça e ainda se despedem de mim com um beijo, e vou contar-lhe um segredo é um beijo e encostamos os nossos nariz um no outro desde que elas eram bebés e ficou até hoje só peço que a vida não me mude isto é a minha vida as minhas filhas.

    • Comentar Elsa Rocha 12 Fevereiro, 2019 at 22:45

      Sim, Margarida, estes hábitos que criamos e que sabemos que os fazem felizes não deviam ser mudados nunca. De facto, de todas as coisas que disse que gostava de fazer, esta ainda é uma das que me posso dar ao luxo de a fazer quase sempre sem exceção. Primeiro porque não tenho outra opção, e segundo porque me dá um gozo enorme fazê-lo e toda a minha agenda dária é feita de forma a que isto encaixe na perfeição. E dá-me um gozo enorme, como mãe, saber que os faço felizes com gestos tão banais quanto este. Seja sempre muito feliz. beijinhos

  • Comentar Dora 11 Fevereiro, 2019 at 23:13

    De tantas coisas que gostaria de fazer, só te vou dizer uma:
    Gostava de passar mais tempo contigo!

    • Comentar Elsa Rocha 12 Fevereiro, 2019 at 22:41

      Sim, de facto foi um lapso no meu artigo. Também gostava de poder passar mais tempo contigo. A distância não ajuda, e o facto de termos vidas caóticas em termos de gestão de tempo, piora um pouco mais.
      Beijinhos

    Deixe um comentário