Sem categoria

Atitudes amigas do ambiente em hoteis!

31 Agosto, 2019

Hello!

Como ferverosa adepta de tudo aquilo que concerne ao ambiente e que podemos fazer para diminuir o impacto ambiental da nossa vivência por cá, eu estou lá 🙂 Não me parece que viver de forma nómada seja algo que esteja no horizonte a curto prazo por isso, tudo aquilo que permita que eu possa no meu dia a dia dar o meu contributo, eu faço questão de o fazer.

Com o aproximar da data do meu aniversário comecei a perceber que o Filipe não queria deixar passar esta data em branco. Eram 40 anos e percebi que ele estava a tentar «engendrar» algo com todos aqueles que nos são queridos. Mas não era necessariamente isso que eu queria. Andava nostálgica com a idade 🙁 e a achar que depois dessa data iria começar a babar-me, a usar andarilho e ia ficar sem dentes ihihihi. Revelei-lhe que queria ficar por casa, no meu cantinho, e a estrafegá-los com beijos e abraços. Mas, no dia do meu aniversário, logo de manhã, o puto mais velho mandou-me fazer a mala  pois íamos conhecer um sitio lindo que eu desejava já há muito tempo. Lá fui toda empolgada pois percebi que eles estavam mais ansiosos do que eu. 🙂

Fomos até ao Parque de Pedras Salgadas a cerca de 1h daqui. Sítio lindo e em perfeito contato com a natureza que até mexia com a alma. Uma paz e tranquilidade tão necessárias e procuradas nos últimos tempos por todos aqui de casa que até parecia ser surreal. Consegui não pensar em mais nada além de que tinha ali comigo todos aqueles que me fazem falta todos os dias. E foi maravilhoso. Foram dois dias em que agradeci piamente a cada um deles o facto de me fazerem feliz e contribuírem para que os meus dias sejam vividos sempre a pensar neles. E se vale a pena? Sim, vale mesmo a pena dedicar as inúmeras horas de trabalho que tenho nos meus dias para poder usufruir com eles momentos únicos e fantásticos, criar-lhes memórias e vivências que nos fortalecem enquanto família. Andámos de bicicleta, percorremos Km’s dentro do parque a pé, olhámos para o vazio, respiramos ar puro junto aquele pulmão verde que nos rodeia, comemos maças verdes nas escadas da casa, enfim….. fizemos coisas banais que foram empolgadas pelo momento, pela família e pela nostalgia da idade….. ups.

De facto o local está em verdadeiro contacto com a natureza e vemos isso em todos os cuidados que tiveram com as questões ambientais. Evidencio aqui alguns aspetos menos evidentes mas muito importantes, designadamente: a não impermeabilização do solo, os revestimentos e isolamentos reforçados, o reaproveitamento de águas negras, os sistemas de iluminação de baixíssimo consumo recorrendo a tecnologia LED, entre outras soluções encontradas, dão coerência e razão de ser à intervenção. E depois existem aqueles pormenores já bem visíveis e que de facto fazem toda a diferença. Tirei fotos mas não as tenho aqui comigo. O champô, gel de banho e o creme do corpo já não são colocados em frascos individuais de quase utilização única. Tratam-se de frascos já grandes, quase 1 litro, presos na parede, bem presos, para que ninguém caia na tentação de levar para casa. Os frascos pequeninos, feitos de plástico e que muitas das vezes as pessoas metem nos seus sacos para levarem embora, já não existem para bem do ambiente. Aqueles frascos grandes têm uma utilidade e durabilidade muito superior a e são recarregáveis de tempos a tempos. A poupança é brutal e o ambiente agradece. Depois existe aquela questão de usarmos mais do que uma vez as toalhas de hotel. A logística e os custos de recolher-se as toalhas que só foram usadas uma vez no nosso corpo depois de tomarmos banho, é simplesmente um luxo que em termos ambientais tem custos brutais… água, detergente e toda a energia que se gasta neste processo é simplesmente enorme- ressalvo- para se manter um capricho. 

E muitas outras coisas que de uma forma consciente poderíamos reduzir a nossa pegada ecológica de cada vez que frequentamos um espaço que se quer amigo do ambiente e que certamente faremos a diferença no planeta que é de todos e para todos.

E vocês! O que encontram nos hotéis e que alerta para poupanças e atitudes mais amigas do ambiente?

Cusquem aqui.

Keep in touch,

E.R.

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário