Get To Know

Parem lá com isso! Não custa nada!

15 Julho, 2018

Hello!

Há 14 anos quando comecei a trabalhar e recebi o meu primeiro salário, foi o extase total. Lembro-me de já serem dois salários mínimos e para mim se traduzir numa pequena fortuna. Como já andava «fisgada» no meu atual marido e namorado na altura e inclusivamente já falávamos em construir uma casa antes de casar, todo esse meu dinheiro seria bem vindo para podermos começar a pensar nesse nosso primeiro desejo em conjunto. Posto isto, e porque sempre fui muito dada a poupanças, de cada vez que precisava de levantar dinheiro numa caixa multibanco retirava o respetivo talão para saber quanto lá deixava ainda ficar na conta bancária :). Na altura estas app dos bancos não eram assim descarregadas nos telemóveis como são hoje em dia e como tal eu gostava do papelito sempre comigo para ver a minha conta a engordar (ou não :(). Nessa altura até julgo que não era possível evitar que o papel saísse. Desde que se fizesse o levantamento do dinheiro o papel com o saldo atual e contabilístico era imediatamente cuspido da máquina para fora.

Isto tudo para vos dizer que os números são alarmantes quanto ao consumo de papel neste tipo de operações multibanco. Já para não falar na quantidade de papéis que morrem ali mesmo, aos nossos pés, em frente à máquina, quer haja caixote do lixo ou não para os depositar. Ora vamos lá por partes:

  1. Precisa mesmo do papel da caixa multibanco para comprovar algum levantamento, depósito e/ ou até mesmo um pagamento efetuado? ÓTIMO. RETIRE O PAPEL, GUARDE-O NA SUA CARTEIRA OU COLOQUE-O JUNTO DA FATURA.
  2. Não precisa do papel da caixa multibanco para rigorosamente nada mas quer cuscar nas suas mãos qual a importância bancária que lá tem, precisa disso para sublinhar e afixar na porta do seu frigorífico. ÒTIMO. RETIRE LÁ O PAPEL E GUARDE-O.
  3. Não precisa do papel da caixa multibanco para rigorosamente coisa nenhuma e quando ele sai da máquina amarrata-o e atira com ele para o chão ou para o caixote do lixo que está a 1m dali, valha-me nossa senhora de Fátima! EXISTE UMA OPÇÃO NA MÁQUINA PARA PRESCINDIR DA SAÍDA DO PAPEL, COMO TAL P.F. UTILIZE-A.

São milhares e milhares de papéis todos os dias gastos neste tipo de operações (e não estou em falar em operações bancárias efetuadas em ATM de compras em lojas), refiro-me somente a caixas MB, que podem ser evitados com um simples gesto seu no dia a dia que não lhe fará diferença nenhuma.

Já pensou nisso? Ainda não? Então pense. Senão veja a fotografia mais abaixo e tire as suas ilações. Isto acontece aqui na minha freguesia e julgo que as pessoas ainda não perceberam um de duas coisas:

  1. O contentor do lixo para depositarem o lixo está mesmo ali ao virar da esquina:
  2. Ou acham giro deitar mesmo os papéis diretamente para os pés.

P.s. Foi o meu filho Salvador, de 8 anos, que fez este reparo que menciono acima acerca do contentor do lixo. Por isso eu digo: Se até um puto sabe isto do que estão à espera para aprender! Não custa nada ser um pouco mais civilizado. Não consegue ou não sabe como evitar que o papel saia, ok, até aí tudo bem! Agora continuar com esse hábito retrógrada de deitar o que não queremos para o chão independentemente do local onde estamos, valha-me Santa Paciência!.

Keep in touch,

E.R.

 

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário