Get To Know

A minha ausência do blog!

1 Julho, 2020

Hello!

Estes 3 meses foram de muita ausência por aqui. Não queria que assim fosse mas o COVID-19 não perdoou. Quando naquele fim de tarde do dia 13 de março (sexta feira 13) percebemos que as escolas iam encerrar e que as nossas vidas (de mães, profissionais, colegas, amigas, donas de casa, mulheres de limpeza, etc etc) iam virar-se do avesso, foi como se tivéssemos que nos reinventar novamente. Não sou contra a mudança na vida das mudanças, quando ela é boa, e neste caso não era assim. Quase tudo foi mau nesta quarentena.

Invejo quem conseguiu ler livros, devorar séries na Netflix, arrumar armários e reorganizar divisões em casa, fazer comidas e iguarias alimentares que nunca pensariam fazer e ter tempo para o fazer, etc etc… tenho mesmo muita inveja de quem teve sequer tempo para isso tudo. O tempo e as minhas responsabilidades diárias foram tão intensas e assoberbantes que nada disso foi possível. Ou, a ser possível, foram feitas com pouca qualidade e sem qualquer brio. Vi-a um filme da netflix aos bocados, se fazia comida com mais calma tinha que a devorar com rapidez e, por fim, nunca conseguia arrumar a casa de uma só vez. Foi desesperante e alarmante em algumas alturas.

Dois filhos com aulas on-line e uma miúda pequena a querer só o colo da mãe é de bradar aos céus. Pese embora o Salvador seja um autêntico homenzinho, a dias de fazer 11 anos, doía-me a alma ver o tempo que ficou enclausurado no quarto em frente ao PC. Foram todos os dias das 8:30h às 16:30h. Os professores foram incansáveis e agradeço isso ao colégio, mas os miúdos foram excelentes. Sempre que ele tinha que fazer algum trabalho, teste ou prova, o meu trabalho era entreter os manos na divisão mais longe do quarto dele para que ninguém o incomodasse. Os horários de almoço e das aulas, que não coincidiam com os dois miúdos também me punham desnorteada e precisava de fazer uma autêntica gincana lá por casa. O facto de estar em teletrabalho e a pressão para desempenhar as minhas funções da melhor forma possível, e o tempo parecer fugir a olhos vistos também ajudou a que esta fase fosse terrível.

Desde esta segunda feira que estão de férias e ficam com os avós. No final do dia de trabalho, que já é feito de forma presencial, vou buscá-los e regresso a casa. Ainda aproveitamos para estar cá fora e brincar com o SIMBA, dar uns mergulhos e andam felizes da vida. De manhã nenhum deles se queixa por terem que acordar às 7:50h.

Serão dois meses assim, de descanso merecido, aguardando que o vírus deserde daqui para fora e os deixe regressar à sua vida normal. Ficam eles à espera que isso aconteça assim como o mundo inteiro.

Daí que, assim esperamos, que o meu regresso ao blog aconteça com mais frequência e eu possa ter mais tempo para mim e para os meus afazeres….

Fiquem bem e mantenham-se em segurança.

 

Keep in touch,

E.R.

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário