Get To Know

Resolvi «destralhar»!

6 Dezembro, 2016

Hello!

Quando ouvi a palavra «destralhar» fiquei a saber que é o ato de deitar fora aquilo que já não precisamos.

Ultimamente olhava para o meu quarto de vestir e sentia-me sufocada. Tinha a roupa demasiado apertada uma com a outra, e já tinha que guardar alguns casacos de inverno nos quartos dos miúdos. E isso não me estava a agradar. Já tinha ouvido a palavra destralhar na minha vida mas nunca lhe tinha dado muito uso. Até que isso fez todo o sentido para mim.

EU PRECISAVA DE DESTRALHAR A MINHA VIDA, PRINCIPALMENTE O MEU GUARDA ROUPA! 🙂

Deitei mãos à obra e lá seleccionei muitas roupas que já não usava. O meu critério foi muito simples:

  • Elsa, se não usaste no inverno ou verão passado, é sinal que não vais usar nunca mais.

Nas últimas vezes que tinha feito as tradicionais arrumações no meu armário, e que resultavam em roupa para nunca mais usar, acabava sempre por dar essa roupa a quem mais precisava. Mas o critério na escolha da roupa nunca ia para além de escolher aquela que já não me servia, nem me enchia os olhos.

Desta vez quis que o meu destralhar fosse um pouco mais longe. Também me queria desfazer de roupa bonita e boa, mas que de facto já não a usava. Não valia a pena estar à espera de mais uma estação para chegar a essa conclusão novamente.

Meti mãos à obra e lá consegui. Ok, devia ter ido um pouco mais longe mas vamos por partes. Da próxima vez prometo que serei mais seletiva. Inscrevi-me num mercado de vendas em 2.ª mão e lá rumei com uma amiga no Domingo de manhã. Às seis e meia da manhã já estava com o carro carregado de roupas, cruzetas, e caixas.

Foi uma experiência muito gira e a repetir e consegui vender imensa coisa que já não me fazia falta nenhuma.

roupa_destralhar

Este movimento de destralhar o guarda-roupa  pode ser reproduzido para qualquer outra divisão da casa. Hei-de conseguir fazer em todo o lado.

E prometi a mim mesma que devia acabar com as compras por impulso. Não levam a nada nenhum, fazem-nos consumir desmesuradamente, gastamos dinheiro e no final resulta mais lixo.

Keep in touch,

E.R.

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário