Get To Know

Poupe electricidade com a máquina de secar roupa!

6 Janeiro, 2018

Hello!

Recupero este artigo que já o havia colocado há mais de um ano atrás aqui no blog. Achei útil para a época em questão e, mais do que isso, adaptei-o para que vos pudesse ser mais útil.

O inverno tardou mas chegou. Com a chegada do Inverno  chegou a chuva e a dificuldade em secar a roupa em tempo útil para as necessidades diárias. Então para quem tem crianças a coisa pode complicar mais um pouco e amontoarmos roupa e mais roupa na despensa. Eu não tenho máquina de secar roupa. Com dois filhos ainda não me senti verdadeiramente apertada para o dia seguinte ter roupa seca para os vestir mas, com a chegada de mais um membro cá para a casa a coisa pode virar mesmo caótica. Tem estado tempo de chuva há mais de uma semana e só me senti aflita com os lençóis de cama e porque de facto houveram alguns incidentes durante a semana nas camas dos miúdos. Mas, nessa altura, socorri-me da minha mana mais velha que lá me fez o jeito e secou tudo num ápice.  A restante roupa cá de casa lá vou secando nos radiadores de aquecimento existentes nas várias divisões da casa.

A máquina de secar roupa, a par com o frigorífico, são os electrodomésticos mais consumidores de energia elétrica que temos em casa. Além do elevado consumo de energia eléctrica ainda existe o inconveniente de, após várias secagens, as peças de roupa começarem a degradar-se. Podemos pelo menos tentar reduzir o tempo de secagem da roupa nesse eletrodoméstico….USANDO UMAS BOLAS DE TÉNIS!!!

As bolas de ténis devem ser colocadas dentro de meias, para assim manterem as peças de roupa separadas otimizando a circulação do ar quente, o que por sua vez reduz o tempo necessário para secar totalmente as peças de roupa.

No sentido de podermos otimizar a utilização da máquina de secar, ficam aqui algumas dicas que pode começar a ter em conta para o tempo que se avizinha:

Utilize-a só mesmo no Inverno;

Coloque roupa do mesmo tipo uma só vez na máquina, p. ex: roupa de desporto custa menos a secar do que as toalhas ou lençóis de verão;

Não encha muito a máquina pois muita roupa impede a circulação do ar a e secagem demora mais tempo;

Limpe o filtro da máquina entre cada utilização;

Não coloque roupa sem antes ter passado um bom processo de centrifugação

A nova dica que queria juntar a este artigo é mesmo para juntar à roupa húmida uma toalha de banho limpa e seca. Desta forma a toalha absorve grande parte da humidade da restante roupa. Tão simples como isso! Não sei se funciona, sou franca, mas desse lado podem dizer-me como se passou se optarem por colocar em prática este conselho.

Vai ver que sentirá a diferença na sua fatura de energia no final do mês. Pense no ambiente e no dinheiro que poderá poupar com simples gestos.

Keep in touch

E.R.

Artigos relacionados

2 Comentários

  • Comentar Maria 8 Janeiro, 2018 at 12:58

    Algumas dicas:
    – Já existem máquinas mais económicas, classe A++ (bomba de calor, salvo erro) e programáveis. É o caso da minha, posso programar para trabalhar durante a noite ou ao sábado só começar a trabalhar às 13h;
    – As bolas podem ser substituídas por “bolas de peugas” (fiz umas 5 com as peúgas que os miúdos vão deixando de usar). Li também a dica de colocar umas gotas de óleo essencial nas ditas, eu na altura não o fiz (só li esta dica depois).
    – Podemos aproveitar a água libertada pela máquina para outros fins, nem que seja para a descarga da sanita;
    – também li algures que os americanos usam muito umas “dryer sheets”, que supostamente ajudam a amaciar a roupa e evitar a electricidade estática. Estas podem ser feitas usando panos com amaciador (várias receitas na net);
    – outra coisa que por vezes faço é pendurar a roupa a secar um pouco antes de a colocar a secar

    • Comentar Elsa Rocha 8 Janeiro, 2018 at 14:40

      Olá Maria,
      Sim, boas dicas.
      A ultima parece-me bastante sensata e muito fácil de se praticar.

      Beijinhos Elsa

    Deixe um comentário