Get To Know

Portugueses preocupados no ambiente mas depois consomem que nem «desalmados»!

5 Junho, 2018

Hello!

«Os portugueses estão preocupados com o ambiente, mas não refletem essa preocupação nos comportamentos do dia a dia.»

Em dia de comemoração do ambiente, reforço em mostrar-vos qual foi o resultado do terceiro estudo do Observatório do Consumo Consciente que foi divulgado há quase 3 meses. A palavra ambiente está na ordem do dia, talvez por moda, mas de facto na prática, ou seja, no nosso dia a dia, as pessoas não fazem esforços para que os seus atos mostrem isso mesmo.

Na prática, e no meu entender, parece-me que só estamos preocupados em dizer que o ambiente faz parte das nossas preocupações, e depois nada fazemos para pouparmos o ambiente que nos rodeia das agressividades que estão todos os dias ao nosso redor e disposição. Senão vejamos bem no comodismo da maioria de nós em partilhar carro e até mesmo na utilização mais frequente dos transportes públicos. Vejamos também o facto de podermos evitar trazer resíduos para casa e que, de uma forma completamente gratuita e cabal o fazemos todos os dias.

Basta termos a consciência de que, quando vamos às compras ao hipermercado, trazemos um saco plástico para as maças, outro para as pêras, outro para as bananas, outro para as cenouras, outro para os legumes (cada legume no seu saco), outro para umas laranjas de última hora, etc etc e por aí adiante. Se fizermos as contas à quantidade de sacos destes que acabam por ser reutilizados, ou seja, muito diminuta pois são muito fraquinhos e rasgam muito facilmente, façamos a conta também a tempo médio de vida útil de cada saco destes. Em alguns casos um saco destes de plástico dura umas míseras horas, senão mesmo minutos.

Os sacos de pano duram anos e, se bem conservados, podem até durar décadas. Não custa nada, mesmo que as suas compras sejam feitas em hipermercados, levar os seus sacos de pano para acondicionar as frutas e legumes que traz para casa.

O que mais me entristece e até mesmo «enraivece» (lol) é que devo ser a única alma penada que leva os seus sacos de pano/rede para o hipermercado aqui de Penafiel,a ver pelas caras de espanto quando chego à caixa para pagar. Já chegaram inclusivé a perguntar-me se o que eu levava em sacos de pano era para que ela passasse para sacos de plástico para poder pesar….. WTF? What? Como?

E já agora, por favor, queria deixar aqui um recado para as meninas que estão nas caixas dos hipermercados. Não coloquem as bananas que eu trago dentro de um saco plástico (note-se que trago o cacho de bananas sem saco por opção….. principalmente se não tiver mais sacos de pano comigo) …… hello! eu trago as bananas assim pois não quero gastar um saco de plástico que não me vai servir para rigorosamente NADA.

Como não há duas sem três, aproveito também para dizer que agradecia que as meninas da caixa também não insistissem em colocar todos os congelados que lhe passam pelas mãos em sacos de plástico. Valha-me Deus e todos os santos…. são só congelados que estão com um pouco de gelo no exterior do saco. Não se trata de nada com sarna ou outra doença contagiosa que necessite de isolamento imediato.

Vá lá, não se está a pedir nada do outro mundo! Só estou a pedir que reduz a utilização de sacos de plástico nas suas compras do dia a dia. O ambiente agradece e, já agora, eu também.

Keep in touch,

E.R.

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário