Get To Know

Linha saúde 24 para assistência a animais!

6 Janeiro, 2017

Hello!

Sempre gostei muito de animais e por isso sempre tive animais em casa. Lembro-me de todos os animais que tive na minha infância e tenho a certeza que fiz a diferença na vida deles também.

Depois que saí de casa dos meus pais, continuei com o «bichinho» de querer ter animais domésticos. Confesso que não sou muito amante de gatos. Gosto de animais irrequietos (tal como eu) e os gatos dão-me sono. Coisa que detesto ter. Então aquele barulho dos gatos a ronronar dá-me nos nervos. Tenho dois animais em casa, a Natura e a Zara, duas cadelas de raça Labrador já com 11 e 9 anos respetivamente. Sempre me fizeram muita companhia.

Por isso mesmo e tal como este press release que recebi, fiquei muito contente ao saber que já existe uma linha saúde 24 para assistência a animais.

A Saúde Animal 24 apresentou a primeira linha telefónica nacional de assistência em saúde veterinária. Disponível todo o dia, cada chamada terá o custo fixo de 60 cêntimos mais IVA.

A Linha Saúde Animal 24 arrancou este mês oficialmente, e através do 760 450 911, as pessoas que ligarem vão encontrar uma “equipa preparada para responder a dúvidas dentro das áreas da nutrição, comportamento, intoxicações, viagens e ainda a questões de saúde pública”, pode ler-se em comunicado.

O call center funcionará 24 horas por dia e é apoiado por uma equipa técnica de médicos veterinários, responsáveis por supervisionar constantemente o serviço.

Para que quem ligue não se sinta pressionado pelos custo da chamada, a Linha Saúde Animal 24, que tem um custo de 60 cêntimos mais IVA, desenvolveu um sistema inovador. A chamada é atendida e uma mensagem de voz dá a indicação para que o utilizador desligue o telefone, explicando que o serviço lhe irá ligar de volta imediatamente e sem qualquer custo acrescido.

Um dos motivos que levou a equipa a apostar neste projeto prende-se com o isolamento geográfico que, por sua vez, pode comprometer a visita ou o aconselhamento veterinário. “Cerca de 70% dos gatos e entre 30 a 40% de cães nunca foram vistos por um veterinário ou foram apenas a uma única consulta durante toda a vida”, explica Carolina Rebelo, médica veterinária e cofundadora do projeto.

Através de aconselhamento por telefone, a população poderá ficar mais próxima dos médicos veterinários. “Com um simples telefonema, os médicos podem alertar para os principais cuidados de saúde, incentivar a marcação de uma visita ao médico veterinário e demonstrar a gravidade e complexidade de uma situação que por vezes pode passar despercebida pelos donos”, refere Carolina Rebelo.

 

Aproveito este momento para solicitar, a quem pretenda adotar um animal, que passe no Centro de Recolha Oficial de Penafiel (situado na Zona Industrial n.º II de Penafiel) para poderem levar um dos muitos cachorrinhos bebés que chegam aqui diariamente. Vai ver que não se vai arrepender.

Keep in touch,

E.R.

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário