Get To Know

O que fazer a uma lâmpada fluorescente? Apagar ou deixar acesa?

30 Novembro, 2016

Hello!

Eu ainda «sou do tempo» em que as pessoas diziam que mais valia deixarem as lâmpadas ligadas, que consumiam menos, do que passar a vida a ligar e desligar. A desculpa era o facto de alegarem que o «arranque» das referidas lâmpadas consumia muita eletricidade.

De acordo com alguns testes que foram feitos, cujos resultados se apresentam de seguida, calcularam-se os tempos equivalentes  ao consumo gasto no processo de ligar:

  • Incandescente: 0.36 segundos
  • CFL: 0.015 segundos
  • Halogénio: 0.51 segundos
  • LED: 1.28 segundos
  • Fluorescente: 23.3 segundos

Ou seja, em praticamente todos os casos, não compensa deixar uma lâmpada ligada com “medo” do consumo que ela tem ao ser ligada.
Até mesmo no caso das lâmpadas fluorescentes (as que provavelmente deram origem a este mito) só compensaria deixar ligada a lâmpada se tivessem que a desligar e ligar num prazo de 23 segundos – valor que se reduz para uns ridículos 0.015 segundos no caso das mais modernas CFL.

Posto isto, e acabando com todos os mitos em redor deste assunto, julgo que fica bem patente que devemos desligar as luzes sempre que estas não forem necessárias.

O ambiente agradece e de certeza que haverá redução na fatura da energia elétrica.

keep in touch,

E.R.

 

 

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário