Get To Know

Família numerosa e só com um carro de 5 lugares!

18 Janeiro, 2018

Hello!

Há mais de um ano que só temos um carro para todos cá em casa. Já o havia dito neste artigo aqui no blog.

Na altura pareceu-nos a escolha mais acertada tendo em conta as alterações que tinham existido em termos profissionais para o lado do Filipe, com um novo projeto profissional mais pertinho de casa, no qual esse pertinho de casa eram somente 2 min para ir e 2 min para regressar do trabalho. O carro que o Filipe tinha na altura tinha meses de existência e não nos pareceu consentâneo manter essa viatura com tão pouco uso e Km’s e que se previa que iria ter a partir dessa altura. Entregamos o carro e lá se comprou uma espécie de vespa para as deslocações do homem cá de casa.

Críticas de muitos e alguns elogios de outros foi uma decisão que, volvido já mais de 1 ano, se tornou a mais acertada. Poupou-se no renting da carrinha, no gasóleo, na manutenção, no desgaste, no seguro, no IUC, enfim, uma série de despesas que só quem precisa e tem carro para se deslocar todos os dias é que sabe. Ganhamos muitas coisas com esta opção e entre elas, e bem lá no topo, foram as vantagens financeiras e ambientais associadas. Se é verdade que houve alturas em que se tivéssemos dois carros os teríamos utilizado sem dar transtorno ao outro, sim, claro que sim! Mas nada que não se resolvesse e que não pudéssemos adiar ou alterar um ou outro afazer em prol de termos somente um carro. Nada nos aconteceu até ao momento que nos fizesse sequer, por breves instantes, termos sequer pensado que tomamos uma decisão errada.

Com a vinda da miúda já para o mês que vem e, tendo eu uma aversão completa a carros de 7 lugares (não pelo tamanho deles mas porque em termos estéticos não gosto), lá fomos procurar um carro de 5 lugares em que coubessem as 3 cadeiras dos miúdos. O Salvador, pese embora já tenha 8 anos, é de estatura baixa e ainda tem que andar de cadeira no carro. Acreditem lá que não existe nada no mercado que permita encaixar 3 cadeiras com isofix nos bancos traseiros. Existem muitos fóruns na internet onde se relata isso mesmo e a dificuldade de quem tem que passar por isso. Que a minha família vai passar a pertencer à associação das famílias numerosas não temos dúvidas, a única dúvida existente é mesmo onde encaixar a canalhada e o maridão na carrinha quando precisarmos de sair todos em simultâneo. Por vezes até dizemos ao pai que ele tem que passar a viajar na mota mesmo atrás de nós pois não vamos caber todos.

Neste momento temos uma Volvo (V60) e por muito que tenhamos já tentado a coisa torna-se impossível com as 2 cadeiras atuais e com o «ovo» da parente que está para vir.. No final do próximo mês chega uma carrinha nova, de 5 lugares, um pouco mais larga na traseira e vamos trocar a cadeira do Salvador por uma mais pequena. A coisa parece-nos exequível e mantemos assim só uma viatura cá em casa e de 5 lugares como era nosso propósito.

Mantemos o ambiente no topo das nossas prioridades assim como nos mantemos fiéis aos nossos princípios. E, já agora, dependemos sempre um do outro para organizar o dia seguinte…. e isso é muito bom!

Keep in touch,

E.R.

 

 

Artigos relacionados

3 Comentários

  • Comentar Maria 18 Janeiro, 2018 at 16:29

    Já vou tarde mas a minha experiência diz-me que com 3 filhos dá muito jeito uma boa bagageira!
    No meu caso tenho uma monovolume de 7 lugares mas os dois lugares traseiros andam sempre rebatidos, por vezes vamos a algum lado e levamos um primo dos miúdos ou os avós, e nesse caso dá jeito os dois lugares extra!
    No dia a dia (e em especial nas férias) dá um “jeitaço” o facto de a bagageira ser grande, no verão que passou conseguimos levar as malas, as bicicletas dos mais velhos, a “mota” do mais novo, mala térmica com a comida, etc etc…
    Mas não é só nas férias, ando sempre com o carrinho bengala no carro, guarda chuva (inverno), uma mochila com alguma roupa suplente, lenços, na altura em que o mais novo usava fraldas também lá estavam umas quantas, uma mochila com alguns brinquedos (para quando vamos a algum lado) e inúmeros sacos para as compras.

    • Comentar Elsa Rocha 19 Janeiro, 2018 at 14:09

      Olá Maria,

      Esse foi um ponto muito importante na nossa escolha e para o facto de não gostar muito de carros de 7 lugares. Quando os bancos estão todos levantados a bagageira é ridícula de tão pequena que se torna. Sendo assim, e porque com 5 lugares no novo carro acabamos por caber todos e levar as respetivas cadeiras, a mala, sendo um ponto importante é enorme. Escolhemos a nova V90 e de facto, comparativamente à V60 que temos atualmente tem uma mala enorme. Espero não me arrepender mas, nesse aspeto, e pelo facto de poder levar tudo na mala do carro é e será um ponto importante. É que o mais novo dos meus filhos tb ainda gosta de andar no carro bengala. É muito saco e muita mala para andar atrás de nós. beijinhos

  • Comentar Maria 22 Janeiro, 2018 at 17:00

    Mas no caso a bagageira só fica diminuída se, de facto, colocarmos os 7 lugares a uso (mas até dá para colocar só 6 lugares).
    Não faço ideia do tamanho da bagageira desse modelo, que eu de carros não percebo nada hihihi mas a minha bagageira é mesmo grande 😀 (citroen C4 grand Picasso)

  • Deixe um comentário