Get To Know

Entrevista a Cristina Silva! :)

26 Abril, 2017

Hello!

A minha entrevistada desta semana é a minha amiga de longa data, a Cristina Silva, proprietária do estúdio de fotografia Krysphoto. A Cristina foi a uma das primeiras pessoas a quem contei do blog e, após uma curta conversa, a parceria entre nós surgiu de uma forma muito espontânea. A Cristina vive e ama fotografia, tem uma garra e uma vontade de fazer acontecer as coisas e isso está à vista de todos. Com uma paciência estupenda e um carinho especial, coloca vida nas fotografias independentemente de quem fotografa e para que fotografa. Há 11 anos atrás foi a fotógrafa do meu casamento e, ainda mantenho uma certa nostalgia pelo momento em que algumas fotos foram tiradas. Esse momento foi possível ficar registado porque foram fotografias tiradas por ela, e só ela.

Ela é assim, e por isso mesmo, faria todo o sentido que eu soubesse o que ela pensa e como reage a tudo o que envolve o ambiente. Leiam e digam a vossa justiça! Espero que gostem.

Se tivesses que ter uma profissão relacionada com o ambiente, o que gostarias de ser?

Gostaria de ser algo que me permitisse mudar o mundo das crianças,  torná-lo muito melhor! Gostaria de mudar o conceito do  jardim de infância,  seria ao ar livre (faça chuva ou faça sol) dar-lhes a conhecer tanto mas tanto que a  natureza tem .Hoje os pais não deixam as crianças  viver. Existe tecnologia a mais no mundo  delas. Depois sim teriam muito tempo para aprender a ler e escrever. A entrada para o primeiro ciclo seria aos 8 anos . Acredito que teríamos um mundo melhor,  mais real .

Fazes a separação de resíduos em tua casa? E a tua família colabora?

Sim faço, não apenas eu mas também tento incutir esse habito  cá em casa. Aqui no estúdio também  pois temos consumos elevados de: pilhas , lâmpadas e muito papel fotográfico.

Costumas ter algumas dúvidas sobre o processo de separação de resíduos? 

Sim por acaso surgiu uma duvida há semanas atrás. Onde poderia colocar  lixo das obras ( pedras, resto de areias) . @Elsa responde: Ecocentro de Penafiel :).

Não havendo qualquer impedimento financeiro ou de outra ordem, o que mudavas no ambiente atualmente?

Acabava com os veículos a gasóleo e gasolina .
Eliminava de vez as embalagens gigantes  com 70%  de produto no interior.

Acabava de vez com os sacos nos hipermercados.

Achas que devemos incentivar quem separa os seus resíduos devidamente, ou penalizar quem não o faz?

Acho que incentivar mais e mais .

Existem ainda pessoas que não entendem, ou que não fazem questão de se envolver com o assunto que também diz respeito a elas. Misturar os resíduos só dificulta o trabalho de separação correta. Não sei como é possível ainda colocar vidro no lixo normal com os ecopontos ao lado, por isso acho que devemos  incentivar e consciencializar.

Já te deparaste com alguma situação caricata em que te apeteceu discutir/chamar a atenção de algum prevaricador ambiental.

Sim, quando vou a conduzir e  condutor da frente despeja o lixo pela janela, ia tendo um acidente por causa disso.
Sem qualquer consequência para ti, o que dirias/farias a uma pessoa que fosse a conduzir mesmo à tua frente e deitasse pela janela uma embalagem de iogurte?

Dou logo sinal de luzes e faço questão que eles se apercebam que não fizeram bem. Caso fosse possível colocaria a embalagem de iogurte no seu carro. Ando com o meu carro sempre cheio de papeis. Mas o lixo é meu tenho que o aguentar. Não é justo, desculpem mas essas pessoas são egoístas.

Tomarias banho somente 2x semana, se para isso poupasses 10 euros?

Mmmm… se pudesse pelo menos  eu escolher os dias , talvez…

Elenca dois ou três hábitos diários que tens e que não vão de encontro a um desenvolvimento sustentável?

Sou mt dependente do meu carro e sei que gasto mais água do que deveria.

 

Keep in touch,

E.R.

@adorei 🙂

 

 

 

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário