Get To Know

O dia mundial da poupança e o ambiente!

31 Outubro, 2016

Hello!

Em dia Mundial da poupança, e não querendo este blog deixar passar essa data em branco, enumero muitas dicas que podemos ter/fazer para conseguir poupar algum, senão mesmo muito dinheiro lá por casa!

Após 87 anos desde a sua fundação, nunca houve um momento tão importante como o actual para reflectir sobre o melhor meio de consumir moderadamente, tendo em consideração a grave crise económica mundial que afecta particularmente o nosso país.

Com o aumento dos preços em todos os sectores, é de extrema importância que o consumidor saiba racionalizar o seu consumo de forma mais consciente e mais organizada.

Estas várias sugestões, de áreas completamente distintas, servem para reduzir alguns gastos nas diversas categorias do orçamento familiar. Mas em algumas situações, apenas a mudança de atitude, como no caso da conta da água, luz ou gás, pode significar muitos euros poupados!

Como poupar:

 Electricidade

  •  Desligue todas as luzes cada vez que sai da divisão;
  • Desligue todos os aparelhos que se encontram em stand by (Luz vermelha que se mantém por exemplo, depois de apagarmos a televisão no comando e que continua a gastar 25% da energia);
  • Evite deixar o telemóvel a carregar durante toda a noite, porque continua a gastar electricidade, mesmo que a bateria já esteja completa. Por sua vez, quando o telemóvel estiver carregado, remova o carregador da tomada, pois continuará a consumir energia;
  • Não coloque alimentos ainda quentes no frigorífico e mantenha o seu termóstato entre os 3º e os 5º – é a temperatura ideal para conservar alimentos – abaixo dos 3º obriga a consumos de electricidade desnecessários;
  • Substitua todas as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras ou de baixo consumo, apesar de serem mais caras consomem 6 vezes menos energia e duram 8 vezes mais;
  • As máquinas de lavar loiça e roupa só devem funcionar com a sua capacidade máxima;
  • Se optar por uma tarifa bi-horária, a poupança só é realizável se o cliente tiver a possibilidade de transferir para as “horas de vazio” (das 23h00 às 09h00) uma quantidade significativa do seu consumo diário, programando, para este período, a utilização de máquinas de lavar roupa e de secagem, máquinas de lavar louça, aparelhos de aquecimento de água, entre outros.

 Água

  •  Encurte a duração dos duches (menos dois minutos debaixo do chuveiro implica uma poupança de 40 litros de água) ou desligue a água no momento de se ensaboar ou de aplicar champô;
  • Na cozinha não deve deixar a água correr enquanto lava a loiça. Se tem máquina de lavar, não passe a loiça por água antes de a colocar na máquina – não contribui para a eficácia da lavagem e consegue poupar até 75 litros;
  • Quando tiver de cozinhar com água deve reduzir a quantidade que coloca na panela e cozinhar com a panela fechada. Assim, além de poupar água, vai conservar muitos dos nutrientes e vitaminas dos alimentos cozinhados desta forma;
  • Assegure-se que não tem fugas de água em nenhuma divisão da casa, pois se estas fugas não forem reparadas, podem custar mais de 30 litros de água por dia;
  • Ao descarregar o autoclismo, gasta 10 a 15 litros de água, pode optar por instalar autoclismos duplos ou recorrer ao método antigo de colocar uma garrafa cheia de água no depósito do autoclismo;
  • Utilize água fria sempre que possível. Não descongele alimentos com a torneira de água a correr, optando antes por um descongelamento natural ou através do microondas.

 

Gás

  •  Verifique sempre que as chamas do fogão estão uniformes e azuis, se apresentarem uma cor amarela ou alaranjada, pode significar que existe uma obstrução nas passagens de ar ou até mesmo de gás. Apesar de não passar para a chama, o gás está a ser queimado e desperdiçado;
  • Deve cozinhar sempre numa boca do fogão ao tamanho da panela. Sempre que possível, escolha as bocas mais pequenas: consomem até 10% menos gás do que as bocas maiores;
  • Sempre que for possível, deve cozinhar com uma panela de pressão, necessita de menos gás para aquecer e cozinha os alimentos mais depressa;
  • Desligue a boca do fogão alguns minutos antes do previsto, pois não afectará a confecção dos alimentos, dado que o calor acumulado encarregar-se-á de terminar a confecção;
  • Se vai construir ou remodelar a sua casa ou adquirir uma em fase de construção, opte por paredes duplas com isolamento térmico entre as duas.

 

Combustíveis

  •  Evite acelerar o seu carro bruscamente ou quando desnecessária;
  • Verifique sempre os filtros de ar e de combustível e efectue as trocas, segundo as recomendações do fabricante;
  • Crie uma rota que permita aceder todos os seus compromissos, evitando idas e vindas desnecessárias;
  • Não carregue peso além da capacidade do seu carro. O consumo será maior e irá acarretar um desgaste da suspensão dos travões e dos pneus. Cada 50 kg a mais equivale a 1% de aumento no consumo;
  • Se mantiver as janelas do carro fechadas, a redução da resistência do ar reverte na economia do combustível;
  • O excesso de velocidade, além dos problemas de segurança, aumenta o consumo;
  • Motor desregulado pode consumir até 60% mais combustível do que o normal.

 

Supermercado

  •  Faça sempre uma lista de compras e anote produtos que realmente precise e tente sempre segui-la. Coloque os produtos por grupos evitando passear no supermercado perdendo tempo e caindo em tentações desnecessárias;
  • Vá ao supermercado fora das horas das refeições: uma pessoa com fome tem sempre tendência a comprar aquilo que não precisa;
  • Geralmente os supermercados usam uma técnica que é colocar os produtos mais caros na linha dos olhos. Nas prateleiras mais acima ou mais abaixo são colocados os mais baratos;
  • Compre embalagens mais económicas, denominadas de “ embalagens familiares”. Em vez de embalagens de 4 unidades, compre de 8, 12 ou 16 unidades, a diferença de preços compensa;
  • Opte pelas marcas brancas;
  • Geralmente os supermercados têm os produtos do “interesse das crianças” estrategicamente distribuídos na parte inferior das prateleiras de modo a lhes despertar a atenção. Por isso convém deixar as crianças em casa e fazer as compras sozinho;
  • Compre frutas e legumes da época – fora de época, como a produção é menor, os preços tendem a aumentar.

  

Telemóveis, TV por cabo e Internet

  •  A escolha de um operador é fundamental e deve anteceder a escolha do tarifário. Mesmo escolhendo um excelente tarifário, não há melhor forma de poupar dinheiro em telemóvel do que pertencer à mesma rede que a maioria dos seus contactos;
  • Evite descarregar jogos ou músicas para o seu equipamento e realizar chamadas de valor acrescentado para concursos ou programas televisivos;
  • No caso de viajar, os tarifários de roaming continuam a ser muito caros quando comparados com os cartões telefónicos à venda nos países de destino;
  • Faça regularmente (de 6 em 6 meses) ajustes nos packs de tv telefone e Internet. É normal que após algum período de tempo, existam serviços melhores e mais económicos;
  • Antes de decidir por um “ pack” de 100 ou mais canais, veja quais as suas reais necessidades e quantos canais costuma assistir no dia a dia. O mesmo se aplica à Internet, ou seja, quanto tempo em casa “navega” e quais as opções mais ajustadas ao seu estilo de vida.

 Convém não esquecer que poupar não significa apenas fazer sacrifícios, mas ter mais atenção as suas necessidades, distinguindo-as no que é supérfluo. Apesar de os produtos importados serem normalmente mais baratos, não se esqueça que, ao comprar produtos nacionais, está a contribuir para o desenvolvimento económico, imprescindível em momentos difíceis, como o que vivemos actualmente!

31_de_outubro_-_dia_mundial_da_poupan_a_1_1280_720

Feliz dia de poupança!

Keep in touch,

E.R.

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário