Get To Know

Eu bem digo que os plásticos não são assim tão fixes!

29 Junho, 2017

Hello!

Tendo em conta a notícia da revista Visão, que podem ler aqui, a qual alega que utilizar sempre a mesma garrafa de plástico pode trazer riscos para a saúde, eis aqui aquilo que me parece óbvio.

Independentemente da minha forma de estar e querer optar por viver com o mínimo de produção de resíduos, parece-me evidente a fragilidade em termos de batérias e microrganismos presentes em garrafas de plástico. Continuo a ressalvar a importância de se terminar com este tipo de embalagens, fortemente efémeras e de utilidade muito reduzida. Claro que há quem coloque para reciclar todas as garrafas de água que compram mas, já pensaram na quantidade de plástico que era desnecessário produzir se utilizássemos as garrafas de vidro. Os plásticos, por muito controle que tenham na sua composição na altura do fabrico, existem sempre mais componentes químicos passíveis de serem transferidos para o líquido, do que propriamente as garrafas de vidro.

Pense nisso! Vai ver que é uma questão de hábito e vai ajudar em muito o ambiente, isto já para não falar nas possíveis consequências para a vossa saúde. Claro que aqui estamos a falar de se reutilizar, algumas vezes, não dizem quantas, a mesma garrafa de plástico. E estamos a falar de se encontrarem coliformes fecais na embalagem (ou seja, muito resumidamente, batérias do cocó). Muita falta de higiene à mistura pode ter dado origem a estes resultado mais avassalador. De qualquer das formas, e indo um bocadinho mais longe, as garrafas de vidro são de todo a melhor opção.

Nota: isto já para não falar naquelas garrafas da tupperware, que as pessoas utilizam para armazenar água que eu, particularmente, detesto. Então, de cada vez que me lembro deste estudo e dessas garrafas, até tremo.

keep in touch,

E.R.

 

 

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário