Get To Know

É agora! Vem aí a menina!

28 Setembro, 2017

Hello!

99,9% de probabilidade que será uma menina! Estas foram as palavras da minha amiga e médica do hospital CUF, a Dr.ª Florbela Gomes, na ultima consulta em que lá fui.

Em Fevereiro eu vou ajudar essa linda menina que traz na barriga a nascer! Estas foram as palavras que eu ouvi da boca dela.

Ora vamos lá por partes: Sim, vou ser mãe duma menina e de facto a margem de erro, normal neste tipo de situações dissipou-se aqui neste cérebro pois era o que eu queria ouvir. O pai estava a trabalhar, os miúdos na escola, e eu fui sozinha a esta consulta. Em todas as outras consultas esteve comigo e nunca se conseguia ver, ora porque tinha o cordão umbilical na volta das pernas, ora porque tinha um pé na frente, enfim, raça de miúda difícil.

A Dr.ª Florbela já fez o parto do João há 3 anos. Só não fez o parto do Salvador há 8 anos pois não a conhecia. É uma querida e não a troco por nada deste mundo. Senti-me sempre muito segura com ela e isso para mim basta para estar confiante.

Os miúdos explodiram de alegria pois queriam uma «girl» cá por casa. O pai queria novamente um rapaz, com medo de não saber como cuidar duma petiza (palavras dele) e porque quer que eu continue a ser a princesa cá de casa (palavras minhas e que adorava que fossem dele :)).

Ainda não pensamos na logística que isso vai implicar nas nossas vidas, neste momento estamos a saborear os momentos felizes de saber que vou novamente ser mãe, e do facto de não ter medo nenhum de ter que dividir o amor que tenho por todos cá em casa. Cada vez mais entendo que nestas coisas da maternidade não interessa 1, 2 ou mais filhos. Amor de mãe é para sempre e não tem limites e muito menos espaço limitado. Cabe sempre mais um.

Sinto-me um pouco nostálgica pois, na evidência de estar grávida novamente de um menino, ainda poderia haver coragem de tentar-se uma outra gravidez. Sendo assim, e estando um dos meus objetivos cumpridos, as nossas contas e a nossa contribuição para a taxa de natalidade em portugal parece-me cumprida.

Mas, como diz a minha amiga Cristina, a ver vamos!

Se a vida nos continuar a presentear com coisas boas; se a vida nos continuar a sorrir e se os meus filhos não tiverem de abdicar de algo para mais um novo membro na família, sou bem cachopa para me atirar ao 4.º filho.

E, por agora é tudo, vou para ali babar-me com a mantinha e os sapatos cor de rosa que já me ofereceram.

Keep in touch,

E.R.

Artigos relacionados

4 Comentários

  • Comentar Maria 28 Setembro, 2017 at 10:18

    Parabéns pela menina.
    Também tenho três filhos, e a última gravidez também foi vivida com a sensação de nostalgia, por ser a última (seria a terceira cesariana e aproveitei para fazer laqueação). Adoro estar grávida e saboreei todos os minutos da minha barriguinha, dos pontapés, de tudo!
    Mas com três filhos, confesso que também desejei muitas vezes que o mais novo crescesse um pouco, pois há sempre imensas tarefas para realizar e com miúdos pequenos não é fácil (e as fraldas, como estava desejosa de passar essa fase hehehe).
    A boa noticia: com o terceiro filho tudo é mais fácil e descomplicado, achei bem mais “difícil” passar da primeira para o segundo (damos muita atenção ao primeiro, por ser filho único, com dois já não conseguimos estar tão focados no mais novo).
    Mas o facto de agora vir a menina não quer dizer nada, podem sempre decidir tentar o empate! (eu na terceira gravidez dizia, na brincadeira, que ia ao desempate, já que muitas pessoas estranhavam ir ao terceiro)

    • Comentar Elsa Rocha 28 Setembro, 2017 at 10:39

      Olá 🙂
      Sim, também espero que seja mais descomplicado com o terceiro do que com o segundo. Acuso é muito cansaço nesta fase pois tenho os outros dois para cuidar e não me posso estender no sofá quando posso.
      A fase de saborear a gravidez também me alegra pois nas outras gravidezes trabalhei até à véspera do parto ( e sim, tb fiz duas cesarianas das anteriores gravidezes).
      Beijinhos e boa sorte aí com a tropa.
      Elsa

  • Comentar Luísa 28 Setembro, 2017 at 11:20

    Bom dia.
    Parabéns, fico feliz, finalmente uma menina.
    Agora é esperar, pois vai correr tudo bem. E quanto ao amor, ele chega para todos.
    Os filhos são um pouco de nós, falando por mim, dava a vida por eles.
    Se eu sabia tinha ido à 3ª, podia ser que viesse a menina! Rsrsrsrsrsrsrs
    Beijinhos

    • Comentar Elsa Rocha 28 Setembro, 2017 at 12:44

      Olá Luísa, sim, finalmente a menina.
      Vai correr tudo bem e espero ansiosamente por ela.
      Beijinhos
      Elsa

    Deixe um comentário