Get To Know

Entrevista a Débora Sá!

16 Março, 2017

Olá 🙂

A nossa entrevistada de hoje, apresenta as manhãs todos os dias, tem a pronúncia do Norte, é gira que se farta…entra todas as manhãs na TV dos portugueses, Porto é o seu Canal, é parte do «Sentir da Cristina»…sim da Cristina Ferreira! página 71. Estamos a falar da DÉBORA SÁ!

Passou pela RTP do Porto e pela TVI Lisboa, foi responsável de comunicação e promotora de vendas da empresa Viva Melhor, na RTP, SIC e TVI e da empresa Decisões e Soluções. A saudade e o gosto pelo Norte trouxeram-na de volta e é apresentadora dos programas Consultório e Grandes Manhãs, do Porto Canal.

Para saber mais, visite http://portocanal.sapo.pt/programa/3/

Uma vez que as questões do ambiente estão sempre na ordem do dia, e dizem respeito a todos, incluindo as figuras públicas  o Somethigmore foi conhecer a «veia Ambiental» da Débora, por isso leiam a entrevista:

Se tivesses que ter uma profissão relacionada com o ambiente, o que gostarias de ser?

Engenheira ambiental

Qual é a tua relação com o Ambiente no dia-a-dia?

Relação próxima. Passeio todos os dias ao ar livre consciente dos problemas que o “ambiente” que me rodeia tem: nível de poluição absurda nas dunas das praias.

Não havendo qualquer impedimento financeiro ou de outra ordem, o que mudavas no ambiente atualmente?

Limpeza praias. Limpeza matas. Proteção contra fogos. Sensibilizarão ambiental nos mais pequenos.

Achas que devemos incentivar quem separa os seus resíduos devidamente, ou penalizar quem não o faz?

Sou a favor de reforço positivo. Incentivar quem separa e formar quem não o faz. Formação é fundamental.

Já te deparaste com alguma situação caricata em que te apeteceu discutir/chamar a atenção de algum prevaricador ambiental.

Já e recentemente. Estava a chegar ao Porto Canal depois de um programa em direto em Leça do Balio. Ia a conduzir e tinha ao meu lado a Maria Cerqueira Gomes, minha colega no Porto Canal. Estávamos entretidas na conversa e ao preparar para estacionar o carro vi uma pessoa de dentro do carro a deitar para o chão um pacote de leite achocolatado salvo erro. Estava tão distraída na conversa que fiz o que o meu instinto me mandou: “abri a janela e bati-lhe no vidro: está doido? Viu o que fez? Que disparate. A Maria ficou a olhar para mim: “mas conheces a pessoa?!?!” Não conhecia, mas tive o instinto de lhe gritar para não deitar um pacote para o chão.

Que conselhos darias para que este blogue se tornasse uma referência nacional em termos ambientais?

Ajudar a consciencializar é mostrar as pessoas que estão a fazer mal e confrontá-las para elas perceberem o tamanho disparate que estão a fazer. Filmem os disparates, ensinem as pessoas e publiquem testemunhos.

Sem qualquer consequência para ti, o que dirias/farias a uma pessoa que fosse a conduzir mesmo à tua frente e deitasse pela janela uma embalagem de iogurte?

Diria que é uma ignorância deitar lixo para o chão.

Tens que fazer uma ação de sensibilização ambiental, quem escolherias para ser público-alvo e o que dirias?

Crianças e jovens.

Apanhar lixo das dunas da praia. As dunas estão caóticas com refrigerantes, garrafas de vidro, preservativos, peças de roupa, comida… enfim tudo.

Abdicarias do teu banho diário, se para isso poupasses 10 euros por semana?

Não.

Elenca dois ou três hábitos diários que tens e que não vão de encontro a um desenvolvimento sustentável?

Lavar dezenas de vezes as mãos por dia. Conduzir muito.

 

Obrigada Débora pela simpatia e paciência.

Fique desse lado, Até já!

D.G.

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário