Get To Know

Qual o ecoponto ideal para os portugueses?

15 Novembro, 2016

 Hello!

aqui tinha falado sobre as desculpas que as pessoas dão para não separarem os seus resíduos. Mas agora, e neste artigo, vou explicar quais os ecopontos ideais para as famílias portuguesas.

Quais os ecopontos domésticos mais populares, capazes de converter os mais céticos para os benefícios e urgência da reciclagem?

A DECO convidou um grupo de 50 consumidores a experimentar 21 ecopontos e a dar a sua opinião. Tiveram em conta com a opinião de agregados de diferente dimensão, uns habitando em apartamentos e outros em moradias. Para facilitar a separação do lixo(embalagens de plástico e metal, papel, cartão e vidro), foram identificados alguns requisitos enaltecidos por aqueles utilizadores: baldes interiores, abertura com pedal, cores a diferenciar os materiais e design agradável. E não só: a arrumação na cozinha reclama caixotes compactos e o lado prático, modelos altos, para obter maior capacidade.

Para a adesão à reciclagem ser maior e para que os materiais sejam depositados de modo mais correto, segundo Sílvia Menezes, responsável pelas investigações na área de ambiente, “a informação é fundamental. Não produzir é a melhor forma de gerir um resíduo. Está nas nossas mãos optar pela compra de produtos com menos embalagem ou mesmo não embalados. Em casa, a separação deve ser feita de acordo com os símbolos que já constam na maioria das embalagens. Deve espalmar-se tudo, para que caibam mais materiais no ecoponto. Vale a pena separar tudo, mesmo que seja um mero envelope ou um pequeno frasco de desodorizante. Multiplicado por todos, são quantidades enormes de resíduos que se tornam matéria-prima para o fabrico de outros produtos.”

Em baixo, veja o que os consumidores consideram ser o modelo perfeito de ecoponto para ter em casa.

ecoponto-ideal

E que tal? Também é o seu modelo ideal?

Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe um comentário